CartaExpressa

Ciro Gomes refaz convite a Moro para debate ao vivo: ‘Papagaiar é fácil’

O pedetista ficou para trás em pesquisas eleitorais após a chegada do ex-juiz da Lava Jato à disputa

Ciro Gomes e Sergio Moro são os principais candidatos à 3ª via. FOTO: MÁRIO MIRANDA/AMCHAM/DIVULGAÇÃO e LULA MARQUES
Ciro Gomes e Sergio Moro são os principais candidatos à 3ª via. FOTO: MÁRIO MIRANDA/AMCHAM/DIVULGAÇÃO e LULA MARQUES
Apoie Siga-nos no

O pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, refez o convite a Sergio Moro, pré-candidato pelo Podemos, para um debate ao vivo. Em texto publicado nesta segunda-feira 3, o pedetista acusou Moro de “falar obviedades”, em referência a uma postagem do ex-ministro da Justiça que tratava de sua agenda econômica como eventual chefe do Planalto.

Que tal você deixar de falar obviedades e vir debater economia, ao vivo, comigo?”, indagou Ciro Gomes. “Papagaiar no tweet é fácil. Explicar como e porque é que são elas. Vamos debater, @SF_Moro? Falta conteúdo, coragem, ou as duas coisas juntas?”, completou.

Moro havia dito que “para retomar o crescimento econômico, precisamos de um Governo que faça reformas com ousadia”. E continuou: “Melhorar os serviços públicos, simplificar os impostos, estimular o emprego, reformar a educação, promover a inclusão, erradicar a pobreza e combater a corrupção”.

Em 14 de dezembro, Ciro chamou Moro de “covarde, dissimulado e despreparado”, quando o convidou pela primeira vez para um debate. Dias depois, o ex-juiz da Lava Jato disse ao canal My News que não aceitaria a proposta por causa da “postura ofensiva” do pedetista.

Em recentes pesquisas eleitorais, Moro apareceu à frente de Ciro nas intenções de voto para presidente. No levantamento divulgado pela ModalMais em 14 de dezembro, Moro estava com 9,8% dos votos, enquanto Ciro Gomes marcava 6,4%. Na sondagem da consultoria Quaest, de 8 de dezembro, Moro estava entre 10% e 11%, e Ciro Gomes, entre 5% e 7%.

Victor Ohana

Victor Ohana
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.