CartaExpressa

Mortes após temporais no Rio Grande do Sul sobem para 126; há 756 feridos

Quase 2 milhões de pessoas foram afetadas pela tragédia em 441 municípios

Registro de Porto Alegre (RS) em 10 de maio de 2024. Foto: Nelson Almeida/AFP
Apoie Siga-nos no

O número de mortes causadas pelos temporais que castigam o Rio Grande do Sul desde a semana passada subiu para 126, segundo um boletim divulgado pela Defesa Civil no início da noite desta sexta-feira 10. O balanço anterior, publicado às 12h, apontava 116 óbitos.

O órgão contabiliza 756 feridos e 141 desaparecidos no estado. Há, também, 71.409 pessoas em abrigo e 339.928 desalojadas.

Ao todo, a Defesa Civil registra 1.951.402 afetados pelas fortes chuvas, em um total de 441 municípios.

Os dados indicam ainda que quase 71 mil pessoas foram resgatadas. Aproximadamente 10 mil animais também foram salvos das regiões atingidas. 

As equipes de resgate contam com um efetivo de 27,2 mil pessoas, 3,4 mil viaturas, 41 aeronaves e 340 embarcações.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar