CartaExpressa

Número de mortos no Rio Grande do Sul vai a 155; desaparecidos somam 94

Com 461 municípios diretamente afetados, o número de pessoas atingidas é de 2,3 milhões

Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Foto: Anselmo Cunha/AFP
Apoie Siga-nos no

O número de mortos por causa da tragédia das chuvas no Rio Grande do Sul passou para 155, segundo novo boletim divulgado pela Defesa Civil na manhã deste sábado 18.

Ainda segundo os dados, 77,2 mil estão em abrigos no estado. Além disso, 94 pessoas seguem desaparecidas e outras 806 estão feridas.

Com 461 municípios diretamente afetados pelas enchentes, o número de pessoas atingidas é de 2,3 milhões.

Desde o início das operações de salvamento, 82.666 pessoas foram resgatadas, além de 12.215 animais.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.