CartaExpressa

Após prisão de comandante da PM do DF, Ibaneis dá posse ao substituto

Klepter Rosa Gonçalves foi preso na semana passada por omissão diante dos golpistas no 8 de Janeiro; o coronel Adão Teixeira de Macedo recebeu o cargo em uma cerimônia reservada

Foto: Divulgação/Agência Brasília
Apoie Siga-nos no

Após a Polícia Federal prender Klepter Rosa Gonçalves, então comandante da Polícia Militar do Distrito Federal, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), deu posse ao novo líder da tropa, em cerimônia reservada nesta segunda-feira 21.

O nomeado é o coronel Adão Teixeira de Macedo. A indicação para o cargo havia sido antecipada na sexta-feira e já foi oficializada no Diário Oficial.

Adão era o subcomandante-geral da PM irá substituir seu antigo chefe, preso por omissão diante dos golpistas no 8 de Janeiro. Klepter e outros seis integrantes da cúpula da PM do DF foram detidos na sexta-feira, a pedido da Procuradoria-Geral da República. O subcomando da corporação será ocupado pela coronel Ana Paula Barros Habka.

Na decisão do Supremo que autorizou a prisão, Moraes citou a alegação de que a PM do DF, comandada por Klepter, poderia ter evitado os atos golpistas em Brasília. Para embasar a decisão, ele também listou uma série de conversas entre os policiais que mostram que, conscientemente, a cúpula da corporação optou por não agir contra os manifestantes bolsonaristas.

Ao nomear Adão, a gestão de Ibaneis pregou ‘continuidade’ no trabalho da PM:

“Tenho certeza que os novos comandante-geral e subcomandante-geral vão dar continuidade ao trabalho que estamos desenvolvendo desde o início do ano, que tem como missão melhorar cada vez mais a segurança e a qualidade de vida do DF”, ressaltou o secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, em nota.

Além da prisão de Klepter e mais seis policiais, Moraes ainda determinou o afastamento das funções e mandados de busca e apreensão nos endereços dos policiais. Jorge Eduardo Naime, que comandava a parte operacional da PM, foi outro alvo da operação de sexta-feira.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar