CartaExpressa

Alckmin tem de ‘se tornar engolível’ para ser vice de Lula, diz presidente do PT-SP

Segundo Luiz Marinho, o ex-tucano ‘tem de saber que estará defendendo um projeto que tem CPF, tem lado’

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. Foto: Evaristo Sá/AFP
O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. Foto: Evaristo Sá/AFP

O presidente do PT no estado de São Paulo, Luiz Marinho, disse que o ex-governador paulista Geraldo Alckmin tem de “passar a falar diferente” para ocupar o posto de vice na chapa presidencial de Lula (PT).

O ex-tucano é cortejado, entre outros partidos, pelo PSB e pelo Solidariedade.

“Ele tem de saber que estará defendendo um projeto que tem CPF, tem lado, tem CNPJ. Ele tem de se tornar engolível. É disso que se trata”, disse Marinho ao Estado de S.Paulo.

Ex-ministro do Trabalho, Marinho afirmou ter, “pessoalmente, ojeriza ao perfil do Alckmin”, por ser “muito conservador no pensamento”. Disse, no entanto, reconhecer que o ex-governador “é agradável no tato” e pode influenciar a favor do PT os rumos da eleição no estado.

Em São Paulo, o comando petista não abre mão de lançar o ex-prefeito da capital Fernando Haddad ao Palácio dos Bandeirantes.

São Paulo é um dos estados centrais nas articulações entre PT e PSB para a formação de uma federação e, consequentemente, de uma aliança em torno de Lula nas eleições presidenciais. Os socialistas desejam lançar Marcio França para governador paulista.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!