CartaExpressa

Menino de 11 anos liga para a Polícia e avisa que sua família está com fome

Miguel vive com a mãe, que está desempregada, e mais cinco irmãos. A família fazia refeições há três dias à base apenas de água e fubá

A família de Miguel é liderada por uma mãe solo. Foto: Reprodução/TV Globo
A família de Miguel é liderada por uma mãe solo. Foto: Reprodução/TV Globo
Apoie Siga-nos no

Um menino de 11 anos identificado como Miguel telefonou para a Polícia Militar de Minas Gerais para avisar que a sua mãe e os seus irmãos estavam passando fome. O caso veio a público nesta quarta-feira 3, pelo portal G1.

De acordo com o veículo, o apelo foi feito na noite da terça-feira 2, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Após o telefonema, uma guarnição do 35º Batalhão foi até a casa do menino para verificar a situação.

Miguel mora com a mãe, Célia Arquimino Barros, de 46 anos, e mais seis irmãos. Célia informou que está desempregada e sobrevive com o dinheiro de alguns bicos, o Auxílio Brasil e uma colaboração de 250 reais do pai das crianças, que não chega todo mês.

Miguel relatou que decidiu ligar para a PM após ver a sua mãe chorando. Ao chegar na casa, a Polícia constatou que eles estavam há três semanas sem comprar comida e estavam fazendo refeições à base de água e fubá há três dias.

A PM declarou que prestará ajudas à família e comunicou que poderá receber doações de cestas básicas.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.