Sociedade

Investigado por ataque a Porta dos Fundos é preso na Rússia

Eduardo Fauzi fugiu do Brasil depois de ser flagrado em vídeo; ataque ocorreu após canal retratar Jesus como homem gay

Porta dos Fundos retratou Jesus como homem gay. (Foto: Reprodução)
Porta dos Fundos retratou Jesus como homem gay. (Foto: Reprodução)
Apoie Siga-nos no

Apontado como autor do ataque à sede da produtora Porta dos Fundos, Eduardo Fauzi Richard Cerquise, de 41 anos, foi preso nesta sexta-feira 4 na Rússia por agentes da Interpol, segundo informações da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

O prédio do canal humorístico foi alvo de dois coquetéis molotov em 24 de dezembro do ano passado, no bairro do Humaitá, no Rio de Janeiro. O crime ocorreu após o lançamento do “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”, que retratou Jesus Cristo como um homem gay.

Eduardo Fauzi foi identificado pela 10ª Delegacia de Polícia de Botafogo, a partir de gravações de 50 câmeras de monitoramento. Uma das câmeras flagrou o momento em que ele desceu do veículo utilizado para fuga, momentos depois do ataque.

Após a abertura de investigações, Eduardo Fauzi fugiu para a Rússia em 29 de dezembro. Em janeiro deste ano, publicou um vídeo em que celebrou a censura judicial ao programa e reproduziu saudações de um grupo fascista brasileiro.

O Ministério das Relações Exteriores havia pedido a extradição de Eduardo Fauzi já no início de 2020, reconhecendo-o como foragido desde 31 de dezembro.

Porta dos Fundos: “Acabar com impunidade é extremamente necessário”

Em nota, o Porta dos Fundos celebrou a prisão e escreveu que torce pela punição de outros quatro envolvidos no crime.

“O Porta dos Fundos espera que essa prisão venha acelerar a identificação e a punição dos outros quatro procurados pelo ataque à sede do grupo. Acabar com a impunidade é extremamente necessário para a construção de uma sociedade mais justa”, afirmou a assessoria.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.