Sociedade

Camarote da Sapucaí é flagrado preparando alimentos no banheiro; responsável é presa

Ao todo, segundo as autoridades, cerca de 500 quilos de alimentos foram descartados após a operação

Foto: Divulgação MPRJ
Apoie Siga-nos no

Policiais civis da 6ª DP (Cidade Nova) no Sambódromo, no Rio de Janeiro, prenderam duas pessoas em flagrante, na noite deste domingo 11, por crime contra as relações de consumo.

Foram detidas a dona de um buffet e a responsável por um camarote localizado no Setor 13 da Marquês de Sapucaí. A identidade das duas não foi revelada pelos policiais.

Segundo apurado, os alimentos servidos aos convidados  do chamado Lounge Sapucaí eram preparados e armazenados dentro de um banheiro de um dos camarotes do sambódromo.

As prisões ocorreram após fiscalização da Polícia Civil, do Ministério Público e do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária (Ivisa-Rio).

Ao todo, segundo as autoridades, cerca de 500 quilos de alimentos foram descartados após a operação. Outros camarotes também foram fiscalizados. Segundo a PC, irregularidades de menor gravidade foram constatadas em outros espaços, mas solucionadas ainda durante a inspeção.

Em nota, a organização do sambódromo informou que os responsáveis pelo camarote Lounge Sapucaí não tinham autorização para instalação de uma cozinha no local.

“Reconhecemos que o espaço conhecido como LOUNGE SAPUCAÍ teve seu buffet interditado hoje pela vigilância sanitária durante os desfiles na Marquês de Sapucaí. Este espaço está localizado no setor 13 e não possuía a devida autorização da Liesa para instalar uma cozinha”, disse o perfil Rio Carnaval nas redes sociais.

Neste domingo, a Sapucaí foi palco do primeiro dia de desfile do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. O grupo é considerado a elite do Carnaval carioca.

(Com informações de Agência Brasil)

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.