Saúde

Saúde confirma que não há relação entre vacina e internação de criança em São Paulo

De acordo com a pasta, ‘o evento adverso pós-vacinação foi descartado’; investigação paulista já havia chegado a essa conclusão

Criança sendo imunizada contra a Covid-19 na França. Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT/AFP
Criança sendo imunizada contra a Covid-19 na França. Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT/AFP
Apoie Siga-nos no

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira 21 que não há relação entre a vacina contra a Covid-19 e a internação de uma criança em Lençóis Paulista. O governo de São Paulo já havia chegado a essa conclusão, após investigação.

Segundo a Saúde, “o evento adverso pós-vacinação foi descartado”.

“A síndrome de Wolff-Parkinson-White, até então não diagnosticada e desconhecida pela família, levou a criança a ter uma crise de taquicardia, que resultou em instabilidade hemodinâmica”, reforçou a pasta em comunicado ao jornal Folha de S.Paulo.

A Prefeitura de Lençóis Paulista anunciou na quarta-feira 19 a suspensão da vacinação infantil por sete dias após uma menina de 10 anos supostamente ter sofrido uma parada cardíaca.

Análise conduzida pelo Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde, realizada por mais de 10 especialistas, apontou que a criança possuía uma doença congênita rara, desconhecida até então pela família, que desencadeou o quadro clínico. A conclusão foi de que não existe qualquer relação causal entre a vacinação e seu estado de saúde. Especialistas já afirmavam que a vacinação infantil é segura e eficaz.

Mesmo assim, os ministros Marcelo Queiroga (Saúde) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) visitaram a família da criança na quinta-feira 20. O presidente Jair Bolsonaro conversou com os familiares por telefone.

Nas redes sociais, Damares escreveu: “Acabo de desembarcar na Base Área. Estive hoje à tarde em Botucatu/SP com o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em visita à família e à menina de Lençóis Paulista, hospitalizada após suspeita de parada cardíaca no mesmo dia em que recebeu a vacina contra Covid”.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.