Pazuello diz a prefeitos que vacinação deve começar no dia 20 de janeiro, às 10h

Programa de imunização terá início com oito milhões de doses: dois milhões de Oxford e seis milhões da Coronavac

Foto: Divulgação/FNP

Foto: Divulgação/FNP

Saúde

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, promoveu reunião com prefeitos nesta quinta-feira 14 para abordar o programa de vacinação contra a Covid-19.

 

 

Segundo o prefeito de Florianópolis (SC), Gean Loureiro, a pasta decidiu iniciar a imunização na próxima quarta-feira 20.

“Serão oito milhões de doses distribuídas no Brasil. Início previsto da vacinação é quarta-feira, dia 20, 10h, em todo o território nacional”, anunciou Loureiro nas redes sociais.

Na reunião, Pazuello voltou a afirmar que a imunização começará com dois milhões de doses da vacina de Oxford e seis milhões da Coronavac, enviadas, respectivamente, por Fiocruz e Instituto Butantan.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária se reúne no domingo 17 para chancelar o uso emergencial das duas vacinas. Especialistas apontam que não há razões para a Anvisa impor novos obstáculos à aprovação.

Aos prefeitos, Pazuello afirmou que as doses da vacina de Oxford devem chegar aos estados na segunda-feira 18, um dia depois da aprovação da Anvisa. O voo fretado pelo Ministério da Saúde para buscar dois milhões de doses do imunizante na Índia foi adiado desta quinta-feira 14 para a sexta-feira 15, às 23h.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: leomiazzo

Compartilhar postagem