Brasil tem 168 mortes e 4,7 mil casos de coronavírus, dizem secretarias

No dia anterior, Ministério da Saúde contabilizava 159 mortes e 4,5 mil óbitos

Foto: Nelson Almeida/AFP

Foto: Nelson Almeida/AFP

Saúde

O Brasil tem 168 mortes e 4.715 casos de coronavírus, segundo atualização das secretarias estaduais de Saúde, nesta terça-feira 31. A informação é do portal G1. Na segunda-feira 30, o Ministério da Saúde havia confirmado 159 óbitos e 4.579 infecções.

São, portanto, 9 mortes e 136 pacientes a mais que no dia anterior. Há casos em todos os estados. São Paulo segue na dianteira,com 113 mortes e 1.517 casos confirmados. Em segundo lugar, aparece o Rio de Janeiro, com 18 falecimentos e 657 pessoas com o vírus.

 

Segundo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o estado trabalha com a possibilidade de endurecer medidas de isolamento social para manter as pessoas em casa por conta do coronavírus.

“Se necessário, as nossas orientações poderão ser mais rigorosas se as pessoas não respeitarem a vida. Pessoas que estão saindo desnecessariamente de suas casas estão expondo suas vidas e a vida de outras pessoas. Não é hora de sair de casa se você não tiver necessidade absoluta de fazer isso”, disse.

No Rio de Janeiro, o governador Wilson Witzel (PSC) declarou que pode prender quem furar o isolamento. Em coletiva de imprensa, o chefe estadual pediu para que as pessoas “não desafiem a pandemia”.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem