Educação

UNE repudia ataques de deputado bolsonarista a universitários: ‘Desrespeitoso e cruel’

O parlamentar Bibo Nunes (PL) defendeu que estudantes da Universidade Federal de Santa Maria merecem ser ‘queimados vivos’ dentro de pneus

Deputado Bibo Nunes (PL). Foto: Reprodução/Facebook
Apoie Siga-nos no

O presidente da União Estadual dos Estudantes (UEE-RS), Airton Silva, manifestou-se contra as ofensas proferidas pelo deputado bolsonarista Bibo Nunes (PL-RS) aos alunos do Rio Grande do Sul. 

Através de nota, a organização classificou a declaração de Nunes como desrespeitosa e cruel. 

No vídeo em questão, o parlamentar chama os estudantes de Santa Maria e Pelotas de “inúteis”, “alienados” e os acusa de “comprar maconha, cocaína do traficante, que trafica armas para dar para bandidos”. 

Isto, por conta dos atos realizados pelos estudantes da Universidade Federal de Santa Maria contra cortes orçamentários. 

“Esses são os alunos da Universidade Federal de Santa Maria que foram protestar ‘viva Lula, Lula lá’. Vocês são uma vergonha, a escória, vocês têm que viver no lixo, no esgoto. Vocês são uns coitados, uns miseráveis”, disse o parlamentar não reeleito. 

“Vocês não produzem nada. São parasitas que querem esconder essa incompetência de vocês através de um ‘L’ de Lula ladrão. Não estou ofendendo a honra e a dignidade de ninguém”, prosseguiu.

“(sic) Ser rico não é problema. Mas, ser rico e não ter noção, ser uns coitadinhos. É o filme ‘Tropa de Elite’. Sabe o quê que aconteceu lá? Olha o filme um. Pegaram aqueles riquinhos ajudando pobres, se deram mal, queimados vivos dentro de pneus. É isso que estes estudantes alienados filhos de papai que em grana merecem”, concluiu Nunes.

A presidente da União Nacional dos Estudantes, Bruna Brelaz, se manifestou via rede social e afirmou que a organização irá entrar com ação judicial contra o parlamentar. 

Junto a isso, a bancada do PSOL denunciará o parlamentar no Ministério Público e no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro parlamentar.

O reitor da universidade, Paulo Burmann, qualifica o vídeo como um “injusto e covarde ataque à UFSM, atingindo o conjunto de estudantes da universidade”.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo