Senador da Rede vai ao STF pedir impeachment de Ricardo Salles

Para o partido de Marina Silva, o ministro do Meio Ambiente cometeu crime de responsabilidade e realizou atos incompatíveis com a função

Foto: Lula Marques

Foto: Lula Marques

Justiça,Política

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), presidente da Comissão de Meio Ambiente e integrante do mesmo partido de Marina Silva, vai ao Supremo Tribunal Federal pedir o afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Segundo o parlamentar, o ministro cometeu crime de responsabilidade nas suas decisões no cargo e realizou atos incompatíveis com a função “ao perseguir agentes públicos”, o que justifica um processo de impeachment.

 

Em abril, em um evento com ruralistas, o ministro ameaçou investigar agentes públicos. Após essa declaração, o presidente do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Adalberto Eberhard, pediu demissão.

A própria ex-candidata à presidência, Marina Silva, anunciou em seu Twitter a ação movida pelo partido.

Ainda não há previsão para a Suprema Corte julgar a ação.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem