Política

Randolfe pede ao Senado abertura de nova CPI da Covid

Senador também é autor do pedido inicial que resultou na abertura da primeira CPI da Covid

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou novo requerimento de investigação parlamentar para apurar omissões do governo Bolsonaro no tocante à pandemia. 

A nova CPI teria como objetivo apurar as omissões do Planalto a partir de novembro de 2021.

https://twitter.com/randolfeap/status/1480997091099000833?t=eiXUXKHoaF0-59s2fRrxJw&s=19

Entre os tópicos elencados pelo parlamentar que justificariam a abertura de uma nova Comissão estão o atraso e insuficiência da vacinação infantil e das doses de reforço, os ataques do presidente da República à Anvisa e o apagão dos dados do Ministério da Saúde e as consequências da ausência de controle da situação atual da pandemia. 

“Em meio a tantas e tantas falas absurdas e condenáveis vociferadas quase diariamente pelo Presidente da República, não se pode perder de vista a gravidade dos impactos e consequências das fake news, dos ataques e das campanhas difamatórias e desinformativas movidas pelo Sr. Jair Messias Bolsonaro”, diz a inicial.

No pedido que deverá ser protocolado ainda nesta terça-feira 11, o senador aponta os pronunciamentos presidenciais contra a vacinação de crianças. 

“A nova fronteira do absurdo tem sido o boicote do presidente à vacinação das crianças, afrontando os direitos inscritos na Constituição e no Estatuto da Criança e do Adolescente”, diz trecho do documento. 

Para a abertura de uma CPI no Senado são necessárias assinaturas de ao menos 27 dos 81 senadores.

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.