CartaExpressa

PSD indica nomes e CPI da Braskem deve ser instalada na próxima terça

CPI já tem 9 dos 11 senadores necessários para a instalação e deve avançar na próxima semana

Maceió (AL) 02.12.2023, Bairros com risco de afundamento desocupados em Maceió. Minas da Braskem. Foto: Gésio Passos/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

Com a indicação de dois senadores do PSD, a CPI da Braskem se encaminha para sair do papel na próxima semana. O partido indicou nesta sexta-feira 8 Omar Aziz (AM) e Otto Alencar (BA) para integrarem o colegiado como titulares.

Com isso, a CPI já tem 9 dos 11 senadores necessários para a instalação. O psbista Ângelo Coronel (BA) foi indicado como suplente.

A escolha desses nomes é importante porque, através da atuação de cada um deles, será dado o ritmo da condução dos trabalhos e da apreciação de requerimentos para tomar o depoimento das testemunhas ou autoridades.

Segundo Renan Calheiros (MDB-AL), o principal articulador do colegiado, a perspectiva é que a instalação da comissão ocorra entre terça e quarta-feira.

Apesar disso, as primeiras reuniões devem acontecer apenas em fevereiro, após o recesso parlamentar. Renan defende que as vítimas de Maceió (AL) sejam as primeiras ouvidas.

O texto de abertura da CPI foi lido pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), em 24 de outubro. Entretanto, a Comissão estava travada pela indefinição dos integrantes. Com a pressão popular, os partidos voltaram a articular a CPI e indicaram nomes.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.