Política

Paraná Pesquisas: Jerônimo Rodrigues tem 46,8% contra 45,6% de ACM Neto na BA

O resultado representa um empate técnico entre os dois candidatos ao governo do estado

ACM Neto e Jerônimo Rodrigues. Fotos: Divulgação
Apoie Siga-nos no

O candidato do PT ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, tem 46,8% dos votos totais no estado neste segundo turno, de acordo com o novo levantamento da Paraná Pesquisas. O resultado o coloca na liderança numérica, mas em empate técnico com o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), que soma 45,6% no mesmo levantamento.

A pesquisa foi divulgada nesta quarta-feira 20 e mostra uma margem apertada entre os dois políticos. Em votos válidos, a distância é de 1,4 ponto percentual. Jerônimo tem, segundo o instituto, 50,7% dos votos válidos, ante 49,3% de ACM.

Apesar da margem apertada, os eleitores entrevistados pelo Paraná Pesquisas indicam que vislumbram uma maior chance de vitória de Jerônimo. A expectativa, vale dizer, está descolada da intenção de voto e foca apenas em quem o eleitor acha que vai ganhar, independentemente de sua escolha. Neste quesito, o petista tem 49,6% e ACM marca só 40,7%.

Na Bahia, o instituto ouviu presencialmente 1.580 eleitores entre os dias 14 e 19 de outubro. A margem de erro é de 2.5 pontos percentuais e o nível de confiança é 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral como o BA-00020/2022. Veja a íntegra:

BAHIA_RODADA02_2TURNO_191022

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo