Política

Na Bahia, Lula lidera por ampla maioria: 63,9%, ante 25,3% de Bolsonaro

Pesquisa AtlasIntel também mediu disputa pelo governo do estado, que tem Jerônimo Rodrigues (PT) tecnicamente empatado com ACM Neto (União Brasil)

No início de julho, Lula participou de caminhada e ato público em comemoração à Independência do Brasil na Bahia, e em apoio a Jerônimo Rodrigues. 

Foto: Ricardo Stuckert
No início de julho, Lula participou de caminhada e ato público em comemoração à Independência do Brasil na Bahia, e em apoio a Jerônimo Rodrigues. Foto: Ricardo Stuckert
Apoie Siga-nos no

O ex-presidente Lula (PT) tem o apoio de 63,9% dos eleitores da Bahia, de acordo com a nova pesquisa AtlasIntel divulgada nesta sexta-feira 5. Se dependesse dos eleitores do estado, Jair Bolsonaro (PL) receberia apenas 25,3% dos votos.

De acordo com o site A Tarde, contratante do levantamento, a vantagem de Lula é puxada pelo desempenho do ex-presidente no eleitorado feminino, em que registra 72,3% das indicações de voto, e entre os eleitores mais jovens (16 a 24 anos), grupo em que Lula soma 82,6% da preferência. Há ainda percentuais significativos registrados entre os católicos (70,6%), praticantes de outras religiões não ligadas às duas maiores vertentes do cristianismo (71,9%) e agnósticos ou ateus (81,3%).

O levantamento traz ainda Ciro Gomes (PDT) na terceira colocação com 4,3% das indicações de voto. A pesquisa ainda mediu o desempenho de André Janones (Avante), que não havia retirado a sua candidatura para apoiar Lula. O deputado mineiro aparece com 2,2% da preferência dos eleitores no estado e, em quarto lugar, tecnicamente empatado com Simone Tebet (MDB), que soma 2%.

O instituto também registrou 1,2% das intenções de voto em favor da candidata do PSTU, Vera Lúcia. Os demais nomes monitorados, somados, não passaram de 1% das indicações de voto entre os baianos.

Jerônimos Rodrigues está empatado com ACM Neto

Ainda de acordo com a pesquisa, o candidato do PT ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, conseguiu avançar mais de 5 pontos percentuais desde o último levantamento e empatar tecnicamente com ACM Neto (União Brasil), que até então liderava com folga as pesquisas no estado.

Rodrigues tem o apoio de 37,8%, ou seja, 5,2 pontos percentuais a mais do que tinha em 17 de julho. Já ACM Neto aparece com 38,8%, 0,9 a menos do que na pesquisa anterior. O bolsonarista João Roma (PL) é quem figura em terceiro lugar, com 13,2% das intenções de voto. Há ainda 1,4% de menções a Kléber Rosa (PSOL).

A pesquisa ainda monitorou o desempenho dos principais candidatos em um eventual segundo turno. ACM Neto teria 42,7% contra 39,9% de Rodrigues. Quando confrontado com Roma, o ex-prefeito de Salvador chegaria a 49,7%, ante 25,3% do bolsonarista. O ex-ministro também seria derrotado pelo candidato do PT por 48,2% a 23,8%.

Otto Alencar lidera para o Senado

O senador Otto Alencar (PSD), em busca de reeleição, é quem aparece na dianteira para ocupar a vaga no Senado. Ao todo, 39,2% marcam voto para o parlamentar, de acordo com a AtlasIntel. Raíssa Soares (PL) é quem estaria em segundo lugar, com apenas 16,2%. Há ainda 12,9% dos eleitores que preferem Cacá Leão (PP) e 5% que indicam voto em Tâmara Azevedo (PSOL).

Para chegar aos resultados, foram entrevistados 1.600 eleitores da Bahia entre os dias 30 de julho e 4 de agosto. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais e o registro no Tribunal Superior Eleitoral é o BA-04586/2022.

Getulio Xavier

Getulio Xavier
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.