Política

Moraes autoriza Jefferson a deixar presídio para fazer exames em hospital

‘O preso deverá ser acompanhado por escolta e retornar ao estabelecimento prisional após a realização dos exames’, determinou o ministro do STF

O ex-deputado federal Roberto Jefferson. Foto: Reprodução/Redes Sociais
O ex-deputado federal Roberto Jefferson. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, autorizou nesta terça-feira 18 que o ex-deputado federal Roberto Jefferson deixe provisoriamente a prisão e seja transferido ao Hospital Samaritano Botafogo, na cidade do Rio de Janeiro, para passar por exames.

“O preso deverá ser acompanhado por escolta e retornar ao estabelecimento prisional após a realização dos exames apontados como necessários, sendo permitido seu contato somente com a equipe médica e de enfermagem”, determinou o magistrado do STF.

Moraes ainda solicitou a produção de “laudo médico pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro apontando a capacidade ou não do hospital penitenciário tratar o interno”.

O presidente afastado do PTB está preso desde 13 de agosto por ordem de Moraes, no âmbito do Inquérito 4.874, que apura a atuação de milícias digitais antidemocráticas. O aliado do presidente Jair Bolsonaro foi para a cadeia depois de dirigir ameaças ao Supremo pelas redes sociais.

Em 10 de janeiro, Moraes prorrogou o prazo das investigações por noventa dias. A Corte tem negado os pedidos de Jefferson para sair da prisão.

Na segunda-feira 17, a esposa do bolsonarista, Ana Lucia Jefferson, gravou um vídeo para pedir que o marido fosse transferido imediatamente a um hospital. Na gravação, ela disse que Jefferson corre risco de morrer.

“Acabei de receber a ligação da médica, que o laboratório ligou pra ela, que o D-dímero dele está altíssimo e o Roberto tem comorbidades, não tem como ficar naquele presídio. Ele precisa ser transferido para um hospital com urgência. Ele tá correndo risco de vida. Gente, quem puder, me ajuda. Que as autoridades olhem por ele. Por favor”, afirma Ana Lúcia na gravação.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.