Política

Marina Silva decide apoiar Fernando Haddad na disputa pelo governo de São Paulo

O anúncio ocorrerá nos próximos dias; o petista lidera as intenções de voto para o Palácio dos Bandeirantes

Marina Silva e Fernando Haddad. Fotos: Divulgação e Ricardo Stuckert
Marina Silva e Fernando Haddad. Fotos: Divulgação e Ricardo Stuckert
Apoie Siga-nos no

A ex-ministra Marina Silva (Rede) decidiu apoiar a candidatura de Fernando Haddad (PT) ao governo de São Paulo e deve confirmar a aliança no próximo sábado 11. O petista lidera as intenções de voto para o Palácio dos Bandeirantes, à frente de Tarcísio de Freitas (Republicanos), Márcio França (PSB) e Rodrigo Garcia (PSDB).

Nesta semana, Marina repercutiu positivamente as declarações de Haddad ao programa Roda Viva, da TV Cultura. A aproximação entre os dois se intensificou nos últimos dias e, agora, a discussão é sobre o papel de Marina na campanha.

Na quarta-feira 8, Marina, que disputou eleições presidenciais contra o PT em 2014 e em 2018, publicou nas redes sociais uma mensagem em defesa de unidade: “Não me oriento pelo terreno dos rancores, mas por posições políticas e consciência da gravidade da situação do Brasil, que precisará de uma reconstrução ‘pós-guerra'”.

Nesta quinta, a federação PSOL/Rede aprovou, em sua primeira assembleia, a oficialização do apoio à candidatura de Lula (PT) à Presidência. Na primeira rodada de comando, a federação terá Guilherme Boulos (PSOL) na presidência e Heloísa Helena (Rede) na vice.

Oficialmente, PSOL e Rede também apoiarão Haddad em São Paulo, mas a sinalização de Marina era um dos movimentos mais aguardados pelos petistas, que vislumbram a possibilidade de contornar resistências no estado e ampliar a liderança de Haddad na corrida eleitoral.

Uma pesquisa Exame/Ideia publicada nesta sexta mostra Haddad na dianteira, com 27% das intenções de voto, dez pontos percentuais à frente do segundo colocado, Tarcísio de Freitas. Márcio França marca 14%, ante 11% de Rodrigo Garcia. Tarcísio, França e Garcia aparecem em empate técnico.

Leonardo Miazzo

Leonardo Miazzo
Editor do site de CartaCapital. Twitter: @leomiazzo

Tags: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.