CartaExpressa

Jornada eleitoral de Moro tem início apático, conversa com economistas e esboço de ‘slogan’

​A filiação do ex-juiz ao Podemos está marcada para a próxima quarta-feira 10

Foto: Isac Nóbrega/PR
Foto: Isac Nóbrega/PR
Apoie Siga-nos no

A jornada de Sergio Moro rumo às eleições de 2022 começou em clima apático. Em breve passagem por Brasília para apresentações e conversas prévias, segundo a Folha, o ex-juiz teve apenas reuniões isoladas com deputados federais.

Ainda segundo o jornal, Moro havia pré-agendado reuniões com a bancada do Podemos, um grupo de parlamentares do PSL e com o general Santos Cruz com quem vem falando por telefone. A conversa cara a cara com o ex-colega de Esplanada, porém, não ocorreu.

​A filiação de Moro ao Podemos está marcada para a próxima quarta-feira 10. Ele evita confirmar a qual cargo concorrerá, mas é consenso que deve disputar a Presidência, deixando para a Álvaro Dias a corrida ao Senado. Também há rumores de que Deltan Dallagnol, recém-saído do MPF, concorrerá uma vaga na Câmara dos Deputados pelo partido.

Moro terá dificuldades em uma disputa que, acreditam especialistas, será dominada pela economia e não pela polarização e o antipetismo. Para contornar essas fraquezas, segundo a Veja, o ex-juiz vem conversando com Persio Arida e Affonso Pastore, ambos ex-presidentes do Banco Central. E já esboça um slogan da futura campanha: “O Brasil não pode voltar ao passado”.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.