Política

Doria fez gesto pela unificação da Terceira Via, diz Leite

Ex-governador do Rio Grande do Sul perdeu as prévias do partido para disputar a Presidência da República

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Apoie Siga-nos no

O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) comentou em suas redes sociais, nesta segunda-feira 23, a desistência de João Doria de concorrer à Presidência.

Na publicação, o gaúcho disse que o colega de partido fez um “gesto pela unificação da terceira via”.

Leite foi derrotado por Doria nas prévias do partido, realizadas em novembro de 2021.

Para esta terça-feira 24 está marcada uma reunião da executiva nacional do partido e espera-se um posicionamento da legenda quanto à disputa presidencial.

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.