Política

Blogueiro e deputado bolsonaristas são alvos de operação da PF

Ao todo, são 21 mandados de busca e apreensão

Daniel Silveira e Allan dos Santos. (Montagem: Pleno News) Daniel Silveira e Allan dos Santos. (Montagem: Pleno News)
Daniel Silveira e Allan dos Santos. (Montagem: Pleno News) Daniel Silveira e Allan dos Santos. (Montagem: Pleno News)

A Polícia Federal realiza, na manhã desta terça-feira 16, buscas e apreeensões no apartamento do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

A informação foi confirmada pelo parlamentar em seu Twiter.

“Polícia Federal em meu apartamento. Estou de fato incomodando algumas esferas do velho poder. E cada dia estarei mais firme nessa guerra! Ah! E não nos esqueçamos nunca: #NaoMexamComWeintraub Força & Honra!”, publicou Silveira.

O deputado é um dos parlamentares do PSL que são investigados nos inquérito das fake news, que investiga ataques e ofensas contra os ministros do Supremo Tribunal Federal.

Também são alvos da operação o blogueiro Allan dos Santos, o publicitário Sérgio Lima e o empresário Luís Felipe Belmonte. Os dois últimos, de acordo com o portal G1, são ligados ao Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar.

As buscas e apreensões foram autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), dentro do inquérito que investiga a realização de atos antidemocráticos.

Ao todo, são 21 mandados, e os alvos estão em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão e Santa Catarina.

O objetivo da ação desta terça, segundo os investigadores, é levantar provas sobre a organização dos atos e sobre quem os financia. Os atos atacaram e ameaçaram instituições como o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF), o que é inconstitucional.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!