Datafolha: Russomanno despenca e Boulos chega a 14%

Levantamento divulgado nesta quinta-feira 22 coloca Bruno Covas na liderança

 Foto: Reprodução/Band

Foto: Reprodução/Band

Política

Na pesquisa Datafolha para prefeito de São Paulo, divulgada nesta quinta-feira 22, o candidato Celso Russomanno  (Republicanos) caiu 7% e perdeu a liderança da disputa para o atual prefeito Bruno Covas (PSDB).

 

 

Guilherme Boulos, do PSOL, aparece na terceira posição com 14%.

Veja os percentuais de intenção de voto:

Bruno Covas (PSDB): 23%

Celso Russomanno (Republicanos): 20%

Guilherme Boulos (PSOL): 14%

Márcio França (PSB): 10%

Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota): 4%

Jilmar Tatto (PT): 4%

Joice Hasselmann (PSL): 3%

Andrea Matarazzo (PSD): 2%

Levy Fidelix (PRTB): 1%

Marina Helou (Rede): 1%

Orlando Silva (PCdoB): 1%

Vera Lúcia (PSTU): 1%

Nenhum/branco/nulo: 13%

Não sabe: 3%

Antonio Carlos Silva (PCO) e Antonio Carlos Silva (Novo) tiveram menos de 1%.

 

Diferança para o último levantamento

Covas foi de 21% para 23%;

Russomanno foi de 27% para 20%;

Boulos foi de 12% para 14%;

França foi de 8% para 10%;

Arthur do Val foi de 3% para 4%;

Jilmar Tatto foi de 1% para 4%;

Joice Hasselmann foi de 1% para 3%;

Matarazzo se manteve com 2%;

Levy Fidelix foi de 2% para 1%;

Marina Helou se manteve com 1%;

Orlando Silva se manteve com 1%;

Vera se manteve com 1%;

Antônio Carlos foi de 1% para 0%;

Sabará foi de 1% para 0%;

Os indecisos foram de 4% para 3% e os brancos ou nulos foram de 12% para 13%.

 

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem