Boulos e Tatto condenam ataque machista de equipe de Arthur do Val contra Marina Helou

Candidata da Rede à Prefeitura de São Paulo pode adotar medidas judiciais

Marina Helou. Foto: Divulgação

Marina Helou. Foto: Divulgação

Política

Os candidatos à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) e Jilmar Tatto (PT) usaram suas redes sociais para prestar apoio à também candidata Mariana Helou (Rede), que foi vítima de machismo por parte da equipe de Arthur do Val (Patriota), que também concorre ao cargo de prefeito.

 

 

 

O debate promovido pela TV Cultura na quinta-feira 12 foi transmitido pelo canal de Arthur no YouTube e comentado por três integrantes de sua equipe. Quando Marina falava de suas propostas para a cidade, um deles fez um gesto obsceno com a língua. A atitude foi fortemente condenada nas redes sociais.

Boulos prestou solidariedade à candidata e disse ser “revoltante” o fato de o ataque ter partido de um candidato a prefeito.

 

 

O candidato do PT também manifestou repúdio e escreveu: “É lamentável que o nível da nossa política tenha chegado a isso”.

 

 

Marina também se manifestou: “É isso que acontece quando as mulheres tentam ocupar os espaços de poder”. A candidata ainda afirmou que medidas cabíveis estão sendo avaliadas.

 

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem