Bolsonaro critica fechamento de divisas por Witzel: “Remédio em excesso”

Presidente disse que teme a falta de empregos com as medidas drásticas para conter coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro apareceu de máscara novamente em uma transmissão ao vivo. Foto: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro apareceu de máscara novamente em uma transmissão ao vivo. Foto: Reprodução/Facebook

Política

O presidente Jair Bolsonaro usou uma transmissão ao vivo nas redes sociais, nesta quinta-feira 19, para criticar a decisão do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de fechar as divisas do estado e suspender as atividades de estabelecimentos, como academias.

Bolsonaro declarou que as ações recebem queixas e elogios, mas tratou a medida como um “excesso”. As determinações de Witzel são justificadas como forma de contenção do contágio do novo coronavírus. O estado fluminense já contabiliza duas mortes e 65 casos confirmados.

“Algumas autoridades estaduais  estão tomando medidas, e tem tido reclamação, tem tido elogio também. Mas eu deixo claro que o remédio, quando é em excesso, pode não fazer bem ao paciente. Uns fechando supermercado, outros querendo fechar aeroportos, outros querendo botar uma barreira na divisa entre os estados, fechando academias”, comentou.

O presidente defendeu ainda que a economia continue funcionando e que a paralisação de atividades pode gerar ainda mais problemas à crise.

“A economia tem que funcionar, tá certo? Porque, caso contrário, as pessoas não vão ficar em casa e se alimentar do nada. Tem que buscar meios de sobrevivência e, se faltar o emprego, falta o pão em casa, e os problemas se avolumam”, afirmou.

Após desrespeitar recomendações de combate ao coronavírus e apoiar as aglomerações em 15 de março, Bolsonaro já virou alvo de três pedidos de impeachment só nesta semana. Os autores dos pedidos fazem acusações de crime de responsabilidade. Na terça-feira 17 e na quarta-feira 18, brasileiros em todo o país protestaram com panelaços e pediram a derrubada do presidente da República.

– Live de quinta-feira com o Presidente (19/03/2020).- Redução do preço do gás e combustíveis nas refinarias;- Atualização sobre o coronavirus;- Diminuição da taxa de juros para aposentados;- Voucher para trabalhador informal;- Fronteiras e mais.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, March 19, 2020

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem