Bolsonaro cancela viagem a Mossoró e é orientado a ficar em casa

Presidente fez teste para descobrir se está infectado pelo coronavírus e resultado será divulgado nesta sexta-feira

O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos / PR)

O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos / PR)

Política

O presidente Jair Bolsonaro cancelou a viagem que faria nesta quinta-feira 12 a Mossoró, no Rio Grande do Norte. Bolsonaro fez exame na manhã desta quinta-feira para descobrir se está infectado pelo coronavírus. O chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), Fabio Wajngarten, testou positivo para a doença. Ambos estiveram juntos em viagem de quatro dias pelos Estados Unidos. O resultado do exame do presidente sai nesta sexta-feira 13. A orientação é para que Bolsonaro permaneça no Palácio da Alvorada.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse que o evento deve ser remarcado nos próximos 60 dias. Também integrariam a comitiva os ministros da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da Agricultura, Tereza Cristina.

“Infelizmente tivemos que adiar esse nosso encontro em razões de segurança sanitária. A decretação ontem [quarta-feira] pela OMS [Organização Mundial da Saúde] de pandemia mundial [para o coronavírus] nos obriga a ter uma maior segurança com a figura do presidente da República e com as pessoas que estão no seu entorno. Então, por esse motivo e em função da necessidade de o presidente se debruçar em relação a problemas que ocorrem na votação do Orçamento e de vetos que foram apreciados ontem pelo Parlamento, o presidente vai precisar adiar esse encontro”, disse Marinho.

O ministério da Saúde confirmou 60 casos de Covid-19 no Brasil. A lista, porém, é maior e deve superar 70 casos, considerando os que ainda não foram incluídos na lista oficial do ministério. Outros 930 pacientes com suspeita são monitorados. Na quarta-feira 11, a OMS declarou pandemia para o novo coronavírus, quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa. Atualmente, há mais de 115 países com casos declarados da Covid-19.

*Com informações da Agência Brasil

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem