Política

Bolsonaro atinge 1 milhão de seguidores no Telegram e bate recordes no aplicativo

Plataforma sem regulamentação deve crescer nas eleições

O presidente Jair Bolsonaro. Foto: PAULO LOPES/AFP
O presidente Jair Bolsonaro. Foto: PAULO LOPES/AFP
Apoie Siga-nos no

Criado ainda em 2021, o canal do presidente Jair Bolsonaro no Telegram ultrapassou um milhão de inscritos. Agora ele é o líder de seguidores no aplicativo. 

O líder nas pesquisas eleitorais para presidência, Luiz Inácio Lula da Silva tem menos de 36 mil usuários no seu canal no aplicativo de troca de mensagens. 

A diferença entre o número de seguidores mostra o engajamento de seus apoiadores. Analistas projetam que o apoio será importante para a campanha presidencial do próximo ano. 

O canal do presidente disparou no número de inscritos na segunda-feira, por conta do apagão que atingiu o WhatsApp. Num único dia, o presidente ganhou 20 mil inscritos em seu canal.

O salto no canal de Bolsonaro foi de mais de 650% desde 10 de janeiro. Apenas nos últimos 90 dias, o aumento foi de 30% no número de usuários.

Segundo dados da plataforma, cada post do canal de Bolsonaro impacta cerca de 178 mil usuários no Telegram. O presidente faz em média oito publicações por dia, em geral ações de governo de caráter institucional.

O presidente e seus apoiadores começaram a usar o aplicativo após o Facebook, proprietário do WhatsApp, ajustar sua conduta de controle de conteúdo e colaborar com a Justiça Eleitoral para minimizar a disseminação de desinformação. 

O Telegram, de origem russa, não possui escritório no Brasil, além de não ter controle sobre o material presente nas trocas de mensagens. 

Nos últimos meses o TSE tem tentando encontrar um caminho de diálogo com representantes da rede para que integrem o Programa de Enfrentamento à Desinformação. No entanto, as tentativas foram falhas até o momento. 

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.