Política

Benedita da Silva é retirada da lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares

Candidata do PT no RJ aponta interferência de Jair Bolsonaro no cenário eleitoral carioca

Benedita da Silva é retirada da lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares. Foto:   Wagner da Silva.
Benedita da Silva é retirada da lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares. Foto: Wagner da Silva.
Apoie Siga-nos no

A candidata à Prefeitura do Rio de Janeiro pelo PT, a deputada federal Benedita da Silva, foi retirada nesta quarta-feira 30 da lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares.


O anúncio foi feito, via Twitter, pelo presidente da instituição, Sérgio Camargo. “Benedita responde pelo crime de improbidade administrativa e seus bens foram bloqueados pela Justiça. O preto, o pobre e o favelado são as maiores vítimas da corrupção”, afirmou.

A campanha de Benedita afirmou, por meio de nota enviada à reportagem, que a medida é uma interferência do presidente Jair Bolsonaro no cenário eleitoral carioca e que vai recorrer à Justiça pelo suposto crime de racismo e por interferência indevida do Poder Executivo Federal no processo eleitoral do Rio de Janeiro.

“Com 40 anos de vida pública, a deputada Benedita da Silva já foi vereadora, deputada, senadora, secretária, governadora e ministra, sem jamais ter sido condenada sequer em primeira instância”, diz a nota.

Em vídeo divulgado em seu perfil no Twitter, Benedita chamou Sérgio Carmargo de “capitão do mato”. “O mesmo serviçal de Bolsonaro já havia excluído da galeria da Fundação Palmares heróis como Zumbi dos Palmares e Nelson Mandela”, diz ela.

https://twitter.com/dasilvabenedita/status/1311498775995744256?s=21

Ataques racistas

Desde que se lançou candidata à Prefeitura do Rio pelo PT, Benedita da Silva vem sofrendo ataques em suas redes sociais, muitos de cunho racista. Nesta quarta, no entanto, os ataques se intensificaram.

“A reação dos racistas coincide com a apresentação de um projeto de lei, de autoria da deputada Benedita da Silva, que reserva para os negros 20% das vagas nas ações financiadas com recursos públicos em parceria com organizações não governamentais”, diz a campanha da petista. “Assim como fez recentemente ao ser atacada de maneira racista por um elemento radicado em Belém do Pará, deputada Benedita da Silva vai à Justiça para denunciar os crimes de racismo e para que sejam reparados os danos causados”.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.