Política

Alckmin comunica ao PSD vontade de ser vice de Lula, diz jornal

Ex-tucano teria recusado convite de Kassab para disputar o governo de São Paulo. PSB e Solidariedade são destinos prováveis

Geraldo Alckmin e Lula devem formar chapa para eleição neste ano. Fotos: Rovena Rosa/Agência Brasil e José Cruz/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin teria dito a dirigentes partidários do PSD que sua intenção é mesmo ser candidato a vice na chapa do ex-presidente Lula em 2022. A informação é do jornal O Globo.

O partido de Gilberto Kassab havia convidado o ex-tucano para ser candidato pela sigla ao governo de São Paulo. Com a recusa, a legenda busca um novo nome para a disputa.

Segundo a publicação, os dirigentes elogiaram a postura do ex-governador de deixar claro, com antecedência, o interesse de ser candidato a vice de Lula.

Um destino provável para Alckmin é o PSB. No entanto, a ida do ex-tucano ao partido depende de acordos com o PT.

Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB, quer o apoio do PT em estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Espírito Santo.

O Solidariedade foi outro partido a convidar Alckmin para o seu quadro.

 

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo