CartaExpressa

59% dos eleitores rejeitam Bolsonaro, aponta Datafolha

O dado indica a parcela de eleitores que não votariam de ‘jeito nenhum’ no atual presidente

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A rejeição ao voto em Jair Bolsonaro chegou a 59%, segundo a mais recente pesquisa do Datafolha.

O resultado indica a parcela de eleitores ouvidos que não votariam em Bolsonaro de ‘jeito nenhum’. Neste quesito, o atual presidente tem o maior rejeição entre os candidatos pesquisados.

Já seu principal adversário, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, aparece em segundo lugar com 37%. O petista está empatado com o governador de São Paulo João Doria, postulante à uma vaga na disputa pelo PSDB.

Em seguida, vem Ciro Gomes, do PDT, com rejeição de 31%. Já Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) é rejeitado por 23%. E 21% dizem não votar de ‘jeito nenhum’ em Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul pelo PSDB.

 

Em números gerais, a pesquisa Datafolha confirma o cenário divulgado por outros institutos nas últimas semanas: Lula vence Bolsonaro por 58% a 31% no segundo turno.

Ao todo, foram ouvidos 2.074 eleitores presencialmente no Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!