Mundo

Pré-candidata da oposição na Venezuela é inabilitada por 15 anos

A decisão se baseia em ‘irregularidades administrativas’ e participação em ‘uma rede de corrupção’

Maria Corina Machado, uma das lideranças da oposição a Nicolás Maduro na Venezuela. Foto: Federico Parra/AFP
Apoie Siga-nos no

Uma das pré-candidatas favoritas para as eleições presidenciais de 2024 na Venezuela, María Corina Machado, da ala mais radical da oposição, foi inabilitada a exercer cargos públicos por 15 anos, segundo um texto da Controladoria, próxima ao governo, divulgado nesta sexta-feira 30.

O documento, que determinou a inabilitação de uma extensa lista de opositores, entre eles o ex-candidato presidencial Henrique Capriles e o autoproclamado presidente Juan Guaidó, foi lido pelo deputado José Brito.

“Tenho o dever de informar que à cidadã María Corina Machado Parisca foi imposta a sanção de inabilitação para o exercício de qualquer cargo público, em 13 de julho do ano 2015, por um período de 15 anos”, afirmou o texto lido por Brito a jornalistas.

Segundo a Controladoria, a inabilitação de Machado, que iniciou uma viagem pela Venezuela antes das primárias organizadas pela oposição, está baseada em “irregularidades administrativas” quando foi deputada, entre 2011 e 2014.

Machado também é acusada de ter participado de “uma rede de corrupção” liderada por Guaidó, reconhecido, entre janeiro de 2019 e janeiro de 2023, como presidente interino da Venezuela por cinquenta países que rejeitavam a reeleição do presidente Nicolás Maduro em 2018, por considerá-la “fraudulenta”.

“Ninguém se surpreende. Isso estava por vir, mas se eles acreditam ou acharam que essa farsa de inabilitação ia desestimular a participação nas primárias, devem se preparar, porque, se tínhamos força, agora vamos com mais força”, afirmou Machado em um ato político.

Capriles, inabilitado desde 2017 por 15 anos e também inscrito nas primárias opositoras, rechaçou a decisão da Controladoria por considerá-la “inconstitucional, infundada e vergonhosa”.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo