Mundo

Polícia prende suspeito de tiroteio que causou três mortes na Holanda

As autoridades ainda não descobriram a motivação do crime

Policiais cercam o local do atentado (Foto: AFP)
Policiais cercam o local do atentado (Foto: AFP)
Apoie Siga-nos no

A polícia holandesa prendeu na tarde desta segunda-feira 17 um homem suspeito de ser o autor do ataque que deixou pelo menos três mortos em Utrecht, no centro do país. O suposto atirador tem 37 anos e nasceu na Turquia.

“Acabamos de ser informados de que o suspeito foi preso”, disse Rob van Bree, chefe de polícia de Utrecht, em entrevista coletiva.

O suspeito se chama Gokmen Tanis e estava sendo procurado desde o final da manhã. Ele é apontado como autor dos disparos dentro de um bonde na periferia da cidade.

Segundo as autoridades locais, as motivações do crime ainda não foram identificadas. Ainda que a hipótese de um ataque terrorista não tenha sido descartada, a investigação se direciona para uma possível disputa de família.

O ataque aconteceu por volta das 10h45 da manhã, quando um homem abriu fogo dentro do bonde, antes de fugir dentro de um carro. Rapidamente ele foi identificado.

Leia também: Holanda: Tiroteio faz vítimas e polícia suspeita de ataque terrorista

Helicópteros foram enviados para o local e o tráfego de bondes foi suspenso. O centro médico de Utrecht abriu uma unidade especializada em desastres para receber os feridos.

RFI

RFI
Rádio pública francesa que produz conteúdo em 18 línguas, inclusive português. Fundada em 1931, em Paris.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.