Mundo

Ômicron: OMS classifica nova cepa do coronavírus como ‘variante de preocupação’

Segundo a entidade, serão necessárias algumas semanas para compreender melhor a variante

Foto: Fabrice Coffrini/AFP
Foto: Fabrice Coffrini/AFP
Apoie Siga-nos no

A nova variante B.1.1.529 da Covid-19, detectada pela primeira vez na África, foi classificada nesta sexta-feira 26 como “preocupante” pela Organização Mundial de Saúde e terá o nome de Ômicron.

“A variante B.1.1.529 foi relatada pela primeira vez à OMS pela África do Sul em 24 de novembro de 2021 (…) Esta variante tem um grande número de mutações, algumas das quais são preocupantes”, disse o grupo de especialistas comissionados pela OMS para acompanhar a evolução da Covid-19.

A Bélgica anunciou nesta sexta que foi o primeiro país europeu a detectar um caso da nova variante. Vários países já cancelaram ou restringiram os voos procedentes do sul da África.

A identificação de uma nova variante da Covid-19, potencialmente muito contagiosa e com diversas mutações, foi anunciada na quinta-feira 25, na África do Sul. Um caso foi detectado em Hong Kong, outro em Israel em uma pessoa que retornava do Malawi e outro na Bélgica.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.