CartaExpressa

Governo Milei anuncia acordo entre a Argentina e o FMI

Organismo deverá fazer desembolso bilionário para socorrer o país

O novo presidente da Argentina, Javier Milei. Foto: Luis Robayo/AFP
Apoie Siga-nos no

O governo da Argentina, de Javier Milei, anunciou nesta quarta-feira 10 ter chegado a um acordo com o Fundo Monetário Internacional, o FMI, sob a justificativa de socorrer as dívidas do país.

De acordo com o jornal Clarín, o organismo desembolsará 3,6 bilhões de dólares até o fim deste mês e validará um ajuste que viabilize um excedente fiscal.

Segundo o veículo, o FMI liberará 3,3 bilhões de dólares que estavam pendentes desde novembro, devido ao não cumprimento das metas de 2022, e enviará 300 milhões adicionais.

O acordo será estendido até 2025, sem novos desembolsos do Fundo.

O diário aponta ainda que houve demora no acordo por incertezas dos Estados Unidos, principal acionista do FMI, sobre apoiar o pacote de desregulação da economia de Milei. O capítulo trabalhista do megadecreto permanece suspenso por decisão da Justiça.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo