Mundo

Exército israelense afirma ter descoberto túnel sob hospital em Gaza

Segundo o exército, o túnel foi descoberto em uma área do hospital debaixo de um hangar que continha armas

Registro do Exército de Israel no hospital Al-Shifa, em Gaza, em 15 de novembro de 2023. Foto: Exército Israelense/AFP
Apoie Siga-nos no

O Exército israelense afirmou ter descoberto neste domingo (19) um túnel de 55 metros debaixo do complexo hospitalar Al Shifa, na Faixa de Gaza, onde suas tropas realizam uma operação nos últimos dias.

“As Forças de Defesa de Israel expuseram um túnel terrorista de 55 metros de comprimento, a 10 metros de profundidade do complexo hospitalar de Shifa”, disse um comunicado do Exército.

Segundo os militares, o túnel passa por debaixo do hospital e leva a uma porta blindada.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), dezenas de pacientes ainda estão nesta unidade hospitalar, a maior da Faixa de Gaza.

“Este tipo de porta é utilizado por terroristas da organização Hamas para impedir que as forças israelenses entrem nos centros de comando”, diz a nota.

O túnel foi descoberto em uma área do hospital debaixo de um hangar que continha armas, incluindo “lançadores de granadas, explosivos e rifles kalashnikov”, acrescentou o Exército, afirmando que os soldados continuam avançando no subsolo.

As forças de Israel sitiaram o hospital na quarta-feira, o que levou à retirada de grande parte dos pacientes.

O Exército israelense afirma que o Hamas teria uma base no local, o que o grupo islamista nega.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.