Mundo

Depósito de petróleo destruído pelos russos no leste da Ucrânia

De acordo com Mikola Lukashuk, presidente do conselho regional de Dnipropetrovsk, o bombardeio russo aconteceu em Novomoskovsk, 25 km ao nordeste de Dnipro

Outro ataque deixou um prédio destruído em Chernigiv.

Foto: Sergei SUPINSKY / AFP
Outro ataque deixou um prédio destruído em Chernigiv. Foto: Sergei SUPINSKY / AFP
Apoie Siga-nos no

Um depósito de petróleo próximo da cidade de Dnipro, no leste da Ucrânia, foi bombardeado e destruído pelo exército russo na madrugada de quarta-feira, sem provocar vítimas, afirmaram as autoridades locais.

“Foi uma noite difícil. O inimigo atacou pelo ar e atingiu um depósito de petróleo e uma fábrica. O depósito foi destruído e um incêndio afeta a fábrica”, afirmou no Telegram o governador da da região de Dnipropetrovsk, Valentin Reznichenko.

Ele disse ainda que o ataque não deixou feridos.

Alguns minutos depois, o governador afirmou que o incêndio foi controlado pelos bombeiros, “que lutaram por mais de oito horas”.

De acordo com Mikola Lukashuk, presidente do conselho regional de Dnipropetrovsk, o bombardeio russo aconteceu em Novomoskovsk, 25 km ao nordeste de Dnipro.

“O inimigo aponta de maneira cínica contra alvos civis”, afirmou Lukashuk, antes de destacar que o “local não tinha militares ucranianos”.

Dnipro, uma cidade industrial de um milhão de habitantes, é atravessada pelo Dnieper, rio que separa o leste da Ucrânia do resto do país.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.