Mundo

Biden diz esperar ataque do Irã contra Israel no curto prazo

Os Estados Unidos anunciaram hoje o envio de reforços ao Oriente Médio enquanto Israel está em alerta diante de um possível ataque

Biden prometeu todo apoio a Netanyahu, culpou o Hamas pelo bombardeio do hospital e comparou o grupo palestino ao Estado Islâmico – Imagem: Haim Tzach/Gabinete do Primeiro Ministro de Israel
Apoie Siga-nos no

O presidente americano, Joe Biden, disse nesta sexta-feira (12) acreditar que o Irã atacará em breve Israel em represália a um bombardeio na Síria, o que pediu que não aconteça.

“Não quero dar informação confidencial, mas minha expectativa é que será mais cedo ou mais tarde”, disse o presidente americano. Perguntado sobre a mensagem que gostaria de transmitir ao Irã, respondeu: “Não o faça! Ajudaremos Israel a se defender e o Irã vai fracassar.”

Os Estados Unidos anunciaram hoje o envio de reforços ao Oriente Médio enquanto Israel está em alerta diante de um possível ataque iraniano.

O Irã prometeu retaliar o ataque de 1º de abril contra seu consulado em Damasco, uma operação que atribuiu a Israel. Sete membros dos Guardiões da Revolução morreram nesse ataque, entre eles dois generais.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo