Justiça

Amado Batista pede desculpas na Justiça por declarações contra Lula: ‘Meros boatos’

Cantor e Lulinha, filho do ex-presidente, entraram em um acordo para a retratação

Crédito: Reprodução
Crédito: Reprodução
Apoie Siga-nos no

Alvo de uma queixa-crime por injúria, o cantor Amado Batista se desculpou com o filho do ex-presidente Lula (PT), Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha por dizer que o ex-presidente Lula e seus familiares teriam praticaram o crime de roubo durante os governos petistas.

Em uma entrevista concedida em 2021, o cantor afirmou que Lula e seus filhos roubaram ‘pra caramba’. Também insinuou que Lulinha seria latifundiário. “É só ir pro Pará, lá pro Mato Grosso, para vocês verem. Ao vivo e a cores.”

Na retratação, feita após um acordo judicial, o cantos pediu desculpas ao filho do ex-presidente por atribuir a ele “graves ofensas” e por afirmar que o empresário “teria enriquecido de forma ilícita”. 

“Apesar de ter dito que Fábio Luís Lula da Silva seria latifundiário e dono de cabeças de gado no Mato Grosso e no Pará, reconheço que essa informação chegou ao meu conhecimento a partir de meros boatos irresponsavelmente difundidos na sociedade”, afirma Amado Batista.

Com o pedido de desculpas, a queixa-crime foi encerrada. A retratação pública deverá ser publicada no site e no canal de YouTube “Blog do Magno”, do apresentador Magno Martins, onde as afirmações do cantor foram divulgadas.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.