Justiça

Alexandre de Moraes inclui período das eleições de 2018 em apuração sobre fake news

Magistrado autoriza quebra de sigilo bancário e fiscal de empresários entre julho de 2018 e abril de 2020

Empresário Luciano Hang. Foto: Reprodução/SBT
Empresário Luciano Hang. Foto: Reprodução/SBT
Apoie Siga-nos no

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), incluiu parte do período das eleições de 2018 na autorização da quebra de sigilo bancário e fiscal dos empresários suspeitos de financiar um esquema de disseminação de notícias falsas. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

A decisão de Moraes engloba os dados financeiros do período entre julho de 2018 e abril de 2020. O dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, está entre os alvos da apuração. O empresário se aliou a Bolsonaro ainda durante a campanha presidencial.

A Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão contra empresários e políticos nos estados do Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina. O inquérito apura fake news, ofensas, ataques e ameaças contra ministros do STF.

No rol dos investigados, também estão o dono das academias SmartFit e BioRitmo, Edgard Corona; o humorista Reynaldo Bianchi Junior e o militante Winston Rodrigues Lima.

A proliferação de fake news é tema de dois pedidos de cassação da chapa do presidente Jair Bolsonaro e do vice-presidente Hamilton Mourão. As ações tramitam no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o novo presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, alguns dos pedidos vão ser pautados em breve.

Recentemente, Luciano Hang foi condenado por espalhar fake news sobre o reitor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Marcelo Knobel.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.