Economia

China retira embargo de carne bovina do Brasil, afirma Ministério da Agricultura

Vendas estavam suspensas desde setembro após notificação de casos de ‘vaca louca’ em Minas Gerais e Mato Grosso

Foto: Istock
Foto: Istock
Apoie Siga-nos no

A China retomou a comercialização de carnes bovinas brasileiras, informou o Ministério da Agricultura, nesta quarta-feira 15. 

“Com isso, a certificação e o embarque da proteína animal para a China serão normalizados e podem ser retomados a partir de hoje”, disse o governo em nota.

O país asiático é o maior importador da carne brasileira e compra quase metade da produção para exportação, cerca de 2 milhões de toneladas. 

As vendas haviam sido embargadas após a notificação de dois casos atípicos de “vaca louca” em Minas Gerais e Mato Grosso. 

A medida foi retirada após a Organização Mundial de Saúde Animal ter analisado que as ocorrências não apresentaram risco à cadeia de produção bovina brasileira. 

O embargo representou queda nas receitas da venda de carne bovina de quase 31%. O valor do boi também caiu no País, no entanto, a redução não refletiu o preço  da carne nos mercados. 

Marina Verenicz

Marina Verenicz Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.