Economia

Brasil tem uma história de respeito por valores fundamentais, diz Bolsonaro à OCDE

Em carta, o presidente afirma que País tem está pronto para ser integrado à organização

Foto: EVARISTO SA/AFP
Foto: EVARISTO SA/AFP
Apoie Siga-nos no

Em carta encaminhada à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que o País estaria pronto para entrar na organização. 

“Sem qualquer hesitação, posso te garantir que o Brasil está pronto para iniciar o processo de acesso à OCDE, como requisitado em abril de 2017”, disse o presidente. 

O documento foi enviado nesta terça-feira 25 a Mathia Cormann, secretário-geral da OCDE,

A organização aprovou o início das negociações para uma adesão plena do Brasil ao grupo. A entrada efetiva do Brasil na OCDE deve passar por um longo processo, que pode durar até 5 anos. 

Os países ingressantes na Organização devem preencher 253 termos legais. O Brasil, atualmente, já adota 103 deles. A parte faltante está relacionada com reformas no sistema econômico e tributário. 

Segundo a carta assinada por Bolsonaro, o Brasil tem o objetivo de cumprir todas as determinações da OCDE e se diz comprometido com “economias de marcado abertas, competitivas, sustentáveis e transparentes”.

Bolsonaro ainda afirmou que o Brasil busca o desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza. 

“O Brasil tem uma história de respeito por valores fundamentais, como a preservação da liberdade individual, os valores da democracia, a regra da lei e a defesa dos direitos humanos”, escreveu o presidente. 

“Pelos anos, instituições sólidas tem sido desenvolvidas para garantir a observância de longa duração desses valores”, completou. 

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.