Deputado do PSL que ofendeu parlamentar trans é advertido pela Alesp

Douglas Garcia, que se assumiu homossexual após o ocorrido, foi o primeiro deputado da atual legislatura a receber uma advertência

José Antonio Teixeira/Alesp

José Antonio Teixeira/Alesp

Diversidade,Política

O deputado estadual Douglas Garcia (PSL), criador do grupo Direita SP,  foi advertido, nesta quarta-feira 28, pelo Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo. Em abril deste ano, o parlamentar afirmou que tiraria “no tapa” uma transexual que usasse o mesmo banheiro feminino que sua mãe ou sua irmã.

A afirmação foi feita em um debate com a deputada estadual Erica Malunguinho (PSOL), primeira parlamentar trans eleita no Brasil. Após o ocorrido, Malunguinho o acusou de transfobia e entrou com um processo por quebra de decoro. Além da ação de Malunguinho, houve outras duas representações contra Douglas feitas por deputados do PT por conta do episódio.

 

O Conselho de Ética esteve reunido nesta quarta para analisar os pedido e acataram dois deles, com pena de advertência oral que ainda não tem previsão para acontecer e está aguardando definição da presidente da Comissão de Ética, Maria Lúcia Amary (PSDB).

As advertências contra Douglas Garcia são as primeiras que ocorrem nesta legislatura. A última punição aplicada a um parlamentar pelo Conselho de Ética da Assembleia havia sido em 1999, quando os membros deram aval à cassação do mandado do deputado Hanna Garib (eleito pelo PPB, partido extinto).

Malunguinho classificou a decisão como histórica e, segundo a parlamentar,  a resposta não é apenas para ele.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem