CartaExpressa

Youtube tira do ar canal do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos

O Terça Livre não aparece mais na busca da plataforma desde terça-feira 12

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, em depoimento na CPMI das Fake News. Foto: Roque de Sá/Agência Senado
O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, em depoimento na CPMI das Fake News. Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O Youtube tirou do ar na terça-feira 12 o canal do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. Segundo informou a plataforma, a remoção aconteceu por uma ordem judicial.  Os mais de 600 vídeos do canal também foram apagados.

Ainda na terça-feira a noite, o blogueiro informou por uma conta paralela no Twitter que o cedeu os direitos autorais de todos os seus programas ao canal TV Artigo 220. O Twitter também suspendeu as contas de Allan por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. 

O bolsonarista é investigado no inquérito das fake news, acusado de propagar desinformação e promover ataques por meio virtual contra a Corte e seus ministros.

A disputa entre o blogueiro e o Google, proprietário do Youtube, se estende desde janeiro. Em fevereiro os canais de Allan dos Santos foram deletados por infringirem as regras da plataforma. 

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!