CartaExpressa

Viagem de Mario Frias aos EUA para ver lutador de jiu-jitsu custou R$ 39 mil

O secretário de Cultura foi a Nova York em dezembro para discutir um projeto audiovisual com Renzo Gracie

Mario Frias, Jair Bolsonaro e Renzo Gracie. Fotos: Marcello Casal Jr./Agência Brasil e Reprodução
Mario Frias, Jair Bolsonaro e Renzo Gracie. Fotos: Marcello Casal Jr./Agência Brasil e Reprodução
Apoie Siga-nos no

A recente viagem de cinco dias a Nova York do secretário especial da Cultura, Mario Frias, custou 39 mil reais aos cofres públicos.

Ele foi aos Estados Unidos em dezembro de 2021 para discutir um projeto audiovisual com o lutador de jiu-jitsu Renzo Gracie, apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo informações do Portal da Transparência divulgadas nesta quinta-feira 10 pela Folha de S.Paulo, as passagens aéreas custaram 26 mil reais. Ainda de acordo com o veículo, o secretário-adjunto de Frias, Hélio Ferraz de Oliveira, gastou outros 39 mil reais, totalizando cerca de 78 mil.

A viagem de ida a Nova York ocorreu na noite de 14 dezembro e o desembarque  no Brasil no dia 19. Em 16 de dezembro, a agenda oficial de Frias marcava para as 13h uma “reunião com o Sr. Renzo Gracie”. Hélio Ferraz de Oliveira também participou do encontro, cuja pauta oficial era apenas “Projetos Culturais”.

No dia 17, houve uma rápida reunião com a “Senhora Simone Genatt e o Senhor Marc Routh, James”, para tratar, mais uma vez, de “Projetos Culturais”. A agenda não detalha os temas do encontro.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.