CartaExpressa

TSE forma maioria pelo arquivamento de ações que pedem cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

Os votos dos ministros contrários à cassação afirmam haver ausência de provas de que o uso indevido do WhatsApp possa ter sido decisivo

O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro. Foto: EVARISTO SÁ/AFP O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: EVARISTO SA / AFP)
O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro. Foto: EVARISTO SÁ/AFP O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: EVARISTO SA / AFP)
Apoie Siga-nos no

O Tribunal Superior Eleitoral, nesta quinta-feira 28, formou maioria para o arquivamento de duas ações em trâmite na Corte que pedem a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão. 

As ações visavam apurar se houve abuso de poder político e econômico por disparos de mensagens em massa em redes sociais durante a companha eleitoral de 2018. 

Os votos dos ministros contrários à cassação afirmam haver ausência de provas de que o uso indevido do WhatsApp possa ter sido decisivo para desequilibrar a disputa.

“Um dos mais simples meios de prova é a captura de tela, o que, pasmem, não se incluiu”, afirmou o ministro Carlos Horbach também acompanhando o relator Luís Felipe Salomão. “Impossível não concluir pela improcedência da ação”, acrescentou. 

O pedido de cassação da chapa foi feito pelos partidos da coligação “O Povo Feliz de Novo”, formada por PT, PCdoB e Pros, derrotada no segundo turno.

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.