CartaExpressa,Política

Sonia Guajajara critica decisão de senadores de retirar acusação de genocídio indígena contra Bolsonaro

Sonia Guajajara critica decisão de senadores de retirar acusação de genocídio indígena contra Bolsonaro

Coordenadora executiva da APIB questionou: A' ação é praticada mas simplesmente se pode decidir que não é e pronto?'

A Coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Sônia Guajajara (Wilson Dias/Agência Brasil)

A Coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Sônia Guajajara (Wilson Dias/Agência Brasil)

A coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Sonia Guajajara, criticou a decisão dos senadores da CPI da Covid de retirar do relatório final a sugestão de indiciamento do presidente Jair Bolsonaro pelo crime de genocídio de indígenas.

“Como assim decidiu retirar o ‘Genocidio Indígena’? A ação é praticada mas simplesmente se pode decidir que não é e pronto, o fato não existiu?”, questionou em uma rede social.

Integrantes do chamado G7, grupo majoritário na comissão, divergiam sobre a imputação do crime ao ex-capitão. O presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM), chegou a declarar que precisava ser convencido sobre o tema.

Os parlamentares também retiraram a proposta de indiciamento do pastor Silas Malafaia por disseminação de fake news, do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) por crime de advocacia administrativa e improbidade administrativa e do secretário especial de Saúde Indígena Robson Santos da Silva.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem