CartaExpressa

Santos Cruz: Bolsonaro alimenta fanatismo que terminará em violência

Santos Cruz: Bolsonaro alimenta fanatismo que terminará em violência

General argumenta que 'a mentalidade anarquista do presidente age para destruir e desmoralizar as instituições'

Foto: Presidência da República

Foto: Presidência da República

O general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz, ex-ministro da Secretaria de Governo de Jair Bolsonaro, escreveu em artigo para o jornal O Estado de S. Paulo que o presidente “alimenta fanatismo que terminará em violência”.

No texto, publicado no domingo 13, Santos Cruz argumenta que “a mentalidade anarquista do presidente age para destruir e desmoralizar as instituições, e banalizar o desrespeito pessoal, funcional e institucional”.

Em sua avaliação, com Bolsonaro, o Brasil passa por mais uma tentativa de erosão de uma das instituições de maior prestígio do Brasil: o Exército Brasileiro.

“Isso é deliberado. É projeto de poder. Não acontece só por despreparo, irresponsabilidade e inconsequência. Isso é processo planejado, que vem sendo adotado e tentado de forma sistemática. É também um processo covarde, pois as consequências são sempre creditadas a outras pessoas e instituições. Ocorre que a responsabilidade pessoal e funcional está muito bem definida e o responsável maior deve arcar com as consequências”, escreveu.

“A democracia depende do aperfeiçoamento institucional constante. O Exército Brasileiro, assim como as outras instituições que compõem a Nação, não pode continuar a ser covardemente prejudicado por causa de um projeto de poder pessoal e populista”, acrescentou.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem