CartaExpressa

Russomanno diz que ele e Bolsonaro são perseguidos pela imprensa

Russomanno diz que ele e Bolsonaro são perseguidos pela imprensa

O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Republicanos, Celso Russomanno, demonstrou incômodo com perguntas de jornalistas sobre sua queda nas pesquisas de intenção de voto. Quando questionado sobre a possibilidade de seu mau momento nos levantamentos estar ligado ao apoio do presidente Jair Bolsonaro, ele disse ser perseguido pela mídia.

“Vocês perseguem o presidente Bolsonaro e estão me perseguindo por ser alinhado a ele. Vocês já estão apelando!”, disse Russomanno nesta quinta-feira 12, citado pelo UOL.

No levantamento Datafolha divulgado na quarta-feira 11, ele aparece em terceiro lugar, com 14% das intenções, em empate técnico com o segundo colocado, Guilherme Boulos (PSOL), que tem 16%, e distante do líder, Bruno Covas (PSDB), que aparece com 32%.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem