CartaExpressa

RJ: PSOL confirma apoio a Molon para o Senado; segue, porém, o impasse entre PT e PSB

Os petistas, que encaminharam a aliança com Marcelo Freixo para o governo, desejam lançar André Ceciliano à Casa Alta

 Foto: Sérgio Francês/Câmara dos Deputados
Foto: Sérgio Francês/Câmara dos Deputados
Apoie Siga-nos no

O PSOL oficializou nesta sexta-feira 27 a decisão de apoiar a pré-candidatura de Alessandro Molon (PSB) ao Senado pelo Rio de Janeiro. Decidiu, assim, recuar do lançamento de Luciana Boiteux à Casa Alta.

Após uma reunião de sua Executiva fluminense, o PSOL afirmou que Molon se comprometeu com a adesão de 20 novos pontos programáticos, como a redução da letalidade policial, a revogação do Regime de Recuperação Fiscal e a criação de um programa de renda básica.

“Nós temos lado, queremos vencer a eleição e derrotar todos os representantes de Bolsonaro aqui no Rio, sem dubiedade e sem concessões”, disse o pessebista após o acordo, segundo comunicado do PSOL.

A candidatura de Molon, no entanto, está no centro de um impasse entre PSB e PT, que encaminharam uma aliança em torno de Marcelo Freixo (PSB) para o governo do Rio.

Enquanto o PSB insiste em Molon, o PT não abre mão de lançar André Ceciliano e entende que, por apoiar um candidato pessebista ao governo, tem a prerrogativa de apresentar o nome do postulante ao Senado.

Luciana Boiteux, por sua vez, afirmou ao jornal O Globo ter sido “tratada com muita violência de gênero no partido”.

“Nunca me chamaram para nenhuma mesa de negociação, nunca participei de nada. Vou me manter à disposição do partido e avaliar o erro político do PSOL, inclusive pela fragilidade da candidatura Molon.”

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.