CartaExpressa,Política

Ramos e Heleno receberam dinheiro público para participarem do 7 de Setembro

Ramos e Heleno receberam dinheiro público para participarem do 7 de Setembro

Da comitiva do ex-capitão no dia, somente os dois generais receberam a quantia de 275,98 reais cada um

Foto: PAULO LOPES / AFP

Foto: PAULO LOPES / AFP

Os ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e da Secretaria-Geral da Presidência da República (SGPR), general Luiz Eduardo Ramos, receberam dinheiro público para participarem das manifestações do 7 de Setembro em defesa do presidente Jair Bolsonaro.

Da comitiva do ex-capitão no dia, somente Ramos e Heleno receberam a quantia de 275,98 reais cada um. As informações foram obtidas  por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) pelo deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) e divulgadas pelo primeiramente portal Metrópoles.

Além dos dois generais, marcaram presenta na manifestação os ministros Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Fábio Faria (Comunicações), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Gilson Machado (Turismo), Milton Ribeiro (Educação), Carlos Alberto França (Relações Exteriores), Joaquim Leite (Meio Ambiente), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência) e Bruno Bianco Leal (Advocacia-Geral da União).

O ato foi marcado pelas ofensas de Bolsonaro ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem